Negócio Físico X Negócio Online – Qual A Melhor Opção?

Oi! Tudo bem gente boa?!?!

Está pensando em ter um negócio próprio? Já escolheu o que vai ser? E vai ser um negócio físico ou online?

 Negócio Físico X Negócio Online – Qual A Melhor Opção?

Hoje vou falar com você sobre as minhas experiências em abrir um negócio físico e agora um digital. Continue lendo para saber as impressões de quem já trilhou esse caminho.

Eis uma dúvida cruel que está perturbando muita gente que está pensando em começar um negócio: loja física ou online? Modelo tradicional ou digital?

Antes de conhecer o maravilhoso mundo dos negócios digitais e tudo o que ele pode oferecer, eu tive um negócio no modelo tradicional, físico mesmo com tudo que eu tinha direito. Nesse artigo eu vou contar o que aconteceu comigo, é a minha experiência, o que eu vivi, os erros que cometi. Enfim, dose cavalar de sinceridade!

Minha vidinha seguia normal, emprego no mercado tradicional, tudo bem normalzinho até que meu marido foi diagnosticado com um câncer. Aí nem preciso dizer que a vida parou né?

Passados os primeiros choques, era hora de cuidar dele. O processo todo que enfrentaríamos seria bem longo e difícil. Nem pensei e larguei tudo para cuidar da recuperação dele, que era a única coisa que importava naquele momento.

Enfrentamos tudo e um ano depois ele estava recuperado graças a Deus! Hora de voltar ao trabalho… SÓ QUE NÃO! Nosso filho era pequeno e nesse tempo em casa eu pude ver que ele precisava muito de mim, então abri mão de tudo para acompanhar o crescimento dele bem de pertinho. Para estar presente ao invés de saber das descobertas dele nos 30 telefonemas que eu fazia durante o dia para saber como ele estava.

O tempo foi passando e a inquietação por não ter um trabalho e a minha independência financeira só aumentavam. A solução foi montar um negócio, e sendo filha de costureira (a melhor do mundo!!! Te amo mãe!!!), montamos uma pequena confecção.

Só que nem tudo saiu como planejamos, eu trabalhava por dez, lidar com funcionários não é nada fácil, a concorrência é implacável, os investimentos são altos mesmo para um negócio pequeno como era o nosso.

Para encurtar o texto, eu quebrei que apartei (do cearês: fali, me endividei e passei um tempão para conseguir pagar tudo). Como a vida tem que continuar, ainda tentei vender cosméticos, mas fui assaltada e fiquei com muito medo de sair de casa.

Meu marido e eu já estávamos nos interessando pelo marketing digital e eu resolvi estudar, aprender e novamente a montar um negócio, só que agora digital.

Vou comparar do jeito mais simples possível para o artigo não ficar muito grande.

Investimento

Por menor que seja o negócio físico que você pensar em montar, os investimentos não serão pequenos. São ferramentas, acessórios, matéria prima… para ter um carrinho de churros, você tem que ter máquina para fazer churros, o próprio carrinho com toda a estrutura para preparar e fritar os churros, o material para produzir, embalagens…. Para qualquer negócio, por menor que seja, você vai precisar montar uma estrutura para produzir e para vender seus produtos.

Para montar um negócio digital, você também vai precisar investir, só que muito menos do que em um negócio físico. PelamordeDeus não caia nessas promessas de ter seu negócio sem investir nem se dedicar.

Para montar a estrutura do Nova Mente Digital eu registrei domínio (R$ 30,00/ano no Registro Br), contratei hospedagem (R$ 23,00/mês na Hostgator), comprei um tema profissional para o blog (R$ 297,00 para 10 blogs, R$ 24,90 para cada blog), por enquanto é só isso. MAS em breve, muito em breve eu vou contratar um serviço de auto responder e e-mail marketing, essa conta vai aumentar, mas mesmo assim não chega nem perto do que eu gastei quando comecei a minha mini confecção.

Dedicação

Esse ponto é muito importante para mim.

Na época da confecção eu trabalhava umas 26 horas por dia, não tinha tempo para nada. E eu juro que não estou exagerando não, a ideia de ter um negócio próprio para ter tempo para o meu filho e tal foi pro beleléu.

Se você tem ou já teve um negócio físico sabe bem que o dono é também o escravo do próprio negócio. É quem mais trabalha.

Já com marketing digital é preciso trabalhar muito sim, várias horas por dia, principalmente no começo. É muita coisa nova para aprender, mas você pode gerenciar essas horas, escolher o melhor período do dia ou até trabalhar de madrugada se quiser.

Poder de escolha

Quando a gente é funcionário, mesmo que trabalhe no que goste, não temos liberdade para fazer as coisas do nosso jeito, escolher o horário que mais agrada para trabalhar nem definir de onde vai trabalhar.

No Marketing Digital, eu descobri que trabalhar pode sim ser do meu jeito, nos horários que eu escolher e de onde eu quiser trabalhar.

Claro que eu dedico muito tempo ao meu negócio, por estar no começo e ter muita coisa para aprender. Mas quando ele estiver todo configurado do jeitinho que eu quero, vou poder reduzir a quantidade de horas e até focar em outros projetos.

Alcance

Uma coisa maravilhosa do marketing digital para mim é não ter limites no alcance de pessoas e na disponibilidade que o meu trabalho pode ter.

Comparando com um negócio físico, se eu tivesse uma loja, teria um horário determinado para abrir e fechar, assim como teria também um limite de pessoas que eu conseguiria alcançar, de visibilidade. Meus clientes seriam pessoas que moram ou trabalham no mesmo bairro da minha loja.

Com marketing digital eu tenho a segurança de ter meu negócio online disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Não há limites para a quantidade de pessoas que têm acesso ao meu trabalho. O invés de ter uma clientela local, eu posso ter clientes em qualquer lugar do mundo. Simplesmente não há limites, nem geográficos e nem de alcance.

Liberdade

O que mais me encanta no marketing digital são as 3 liberdades que ele me oferece. Já pensou em poder trabalhar em algo que você realmente gosta, conseguir fazer seu horário de acordo com suas metas e com suas limitações de tempo, trabalhar de onde você quiser e saber que o seu salário vai depender das metas de ganho que você mesmo define?

Pois é, eu pensei e me encantei. Trabalhar em casa é maravilhoso para mim, tenho filho pequeno e estar com ele o dia todo é algo que eu não abro mão. Consigo adequar meu horário de trabalho às necessidades dele e da minha família.

Escolher um mercado e um nicho para atuar me permite fazer o que eu gosto e não o que me impõem que eu faça.  No meu negócio, eu defino o que preciso fazer, como farei, onde farei e quais as metas de crescimento e de ganhos eu vou trabalhar para atingir.

Mas, tenho que lembrá-lo que por trás de tantos benefícios há também uma grande responsabilidade. Tudo depende de VOCÊ. Não dá pra apresentar um atestado médico pra justificar a sua falta no seu próprio negócio.

Espero que a minha experiência possa ajudar você.

Grande abraço e até breve!!!

 

Eu Sou Ângela Aguiar E Quero Lhe Ensinar A Montar Seu Negócio Online Totalmente Do Zero E Com Baixo Risco.

Ângela Aguiar

Empreendedora digital, casada e mãe.
Trabalhei muitos(muitos) anos no mercado tradicional mas descobri no Marketing Digital a oportunidade de realizar um trabalho que me permite construir uma carreira sólida, ajudar pessoas com meu trabalho, ser muito bem remunerada e conseguir exercer a minha maior felicidade: estar presente na vida diária do meu filho e acompanhar de perto seu desenvolvimento.

Website:

2 Comentários

  1. Oi Ângela, gostei muito do seu artigo. Concordo com você em todas as comparações. Vale muito a pena investir em um negócio online, a cada dia me apaixono mais e quero buscar aprender muito mais. Futuramente quero ser mãe e creio que valerá muito a pena ter investido no meu negócio. Bjos para vc e tudo de bom!

    • Ângela Aguiar

      Oi Rosana, que bom que você gostou. A cada dia eu tenho mais certeza da minha decisão de ter meu negócio online. Sendo mãe então nem se fala né?!
      Quando você tiver seu bebê vai dar ainda mais valor ao seu negócio online.
      Espero que dê tudo certo pra você!
      Qualquer coisa conta comigo!!!
      Beijo!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *