Dinheiro – Não Deve Ser O Único Objetivo Do Seu Trabalho Como Afiliado

Olá! Como vai amigo leitor?!

Eu e você sabemos a importância do dinheiro na vida da gente. Assim como eu, você deve trabalhar (e muito) para conseguir se manter e sustentar sua família. A gente sabe bem que a grande maioria dos trabalhadores não tem nenhuma satisfação com seu trabalho, a única motivação é o salário mesmo, o dinheiro em si. Viver uma vida inteira fazendo o que nem sempre gosta e recebendo menos do que merece parece ser a regra. Pensa aí, quantas pessoas você conhece que vão para o trabalho como quem vai para a forca, mas mesmo assim vai só porque precisa do dinheiro? Eu mesma já vivi essa experiência.

Unhappy-people

Será que é verdade essa conversa de que além do dinheiro meu trabalho deve me proporcionar outras experiências?

O que você espera conseguir com seu trabalho como afiliado? Se você também quer saber se há algo além do dinheiro para lucrar, continue lendo pois vou dividir como você as ideias que tenho sobre essa questão.

Com o meu trabalho com o marketing digital e como afiliada, eu encontrei uma realidade que não permite ter sucesso pensando só no dinheiro que se vai ganhar.

Umas das coisas que eu mais gosto no marketing digital, é a ideia de que primeiro você ajuda as pessoas, entrega algum valor que vai realmente ajudar a resolver um problema para depois a venda acontecer de forma natural e sem forçar a barra.

Claro que a gente sabe que um afiliado só ganha dinheiro quando vende, mas se o foco for só na venda, ele vai promover um verdadeiro bombardeio de ofertas e mais ofertas em todos os seus canais de relacionamento com sua audiência. O resultado disso a gente já sabe, vai ser visto como alguém que só pensa no seu próprio benefício e que vê cifras ao invés de pessoas. Quem vai confiar em alguém que passa essa imagem? Eu não vou e você?

ad_overload

Infelizmente, vejo muitos afiliados que não se tocam disso e insistem nesse jeito furado de trabalhar. Podem até vender, mas não se iluda, são vendas únicas para cada cliente e ainda com um número muito grande de pedidos de reembolsos.

Quantas vezes a gente já correu para buscar uma informação, aprender a fazer alguma coisa ou tirar uma dúvida no Google ou no YouTube? E qual a sensação de encontrar exatamente o que que você procurava e conseguir resolver seu problema? É bom né?!?!?!

Como afiliado, a gente tem que usar a estratégia da geração de conteúdo de qualidade e grátis para atrair e manter as pessoas com a gente. Na minha opinião, para conseguir isso de forma sólida, orgânica e durável só mesmo ajudando essas pessoas a resolverem seus problemas e esclarecerem suas dúvidas e até mesmo motivando elas com nosso exemplo.

Eu acho isso muito empolgante, saber que eu posso ajudar e motivar alguém com meu trabalho. Quando eu escrevo um texto ou faço um vídeo sabendo que eu vou contribuir e fazer parte do sucesso de alguém, e que esse alguém pode estar lá do outro lado do país, nossa… gera um sentimento tão bom! É um combustível diferente do financeiro. Pode ser que essa pessoa nunca mais volte a ver nenhum material meu e que nunca me compre nada, mas mesmo assim é muito bom!

medium (1)

Pensando realmente em ajudar, você vai conseguir produzir um material de qualidade, sem enrolação, vai ser transparente e não vai tentar manipular ninguém. As pessoas vão perceber isso e vão querer acompanhar você, vão se sentir confortáveis para lhe fazer perguntas, pedir orientações e até dividir um pouco das suas dificuldades. É realmente um relacionamento. As pessoas vão confiar em você e quando quiserem comprar algum produto no seu nicho, vão dar preferência a você.

Confesso que no começo eu tinha medo de não conseguir, de não produzir nada que realmente conseguisse chamar atenção. Mas é mais fácil do que parece. Basta ser você mesmo, falar do seu jeito e ser agradável.

Eu fiz uma listinha bem simples dos 7 pontos que eu acho mais importantes para ajudar você a gerar um conteúdo realmente relevante:

  • Foque diretamente no seu público-alvo, nas pessoas do seu nicho;
  • Não produza conteúdo genérico, seja objetivo;
  • Entregue realmente o que promete nos títulos dos seus vídeos ou artigos;
  • Pense nas dificuldades que você passou quando começou;
  • Quais dúvidas você tinha? Com certeza são as mesmas de muita gente;
  • O que gostaria de ter encontrado mas teve dificuldade;
  • Trate as pessoas como gostaria de ser tratado;
  • Leia os comentários do seu blog, canal e Facebook. Se você ainda não tiver audiência, leia os comentários de outas pessoas do seu nicho;
  • Divida suas experiências, fale dos seus erros e dos seus acertos.

Eu uso essas dicas como um guia quando estou fazendo artigos, vídeos ou publicações para o Facebook.

Deve haver um equilíbrio entre o conteúdo para ajudar e o conteúdo de indicação de produtos. Não tem uma regra para isso, a cada 3 ou 4 conteúdos de ajuda faça 1 conteúdo voltado para venda.

As vendas vão acontecer naturalmente, não tenha pressa que o resultado vai chegar. Faça o seu melhor, você vai ser reconhecido por isso.

Além do dinheiro que você vai ganhar com as vendas, outros ganhos também virão, você vai fazer alguns amigos e também parceiros que podem fazer a diferença no seu negócio.

Uns vão se identificar com a sua história e vão se sentir motivados a continuar. Outros vão ver você como uma autoridade no seu nicho. Com tudo isso você vai construir uma grande network que vai lhe render ótimos frutos.

Bem, essa era a ideia que eu queria passar nesse artigo. Espero que você goste das dicas que eu dividi com você aqui.

Me diga sua opinião e deixe suas dúvidas nos comentários que eu vou adorar responder!

Abraço e Sucesso Sempre!!!!!

Eu Sou Ângela Aguiar E Quero Lhe Ensinar A Montar Seu Negócio Online Totalmente Do Zero E Com Baixo Risco.

Ângela Aguiar

Empreendedora digital, casada e mãe. Trabalhei muitos(muitos) anos no mercado tradicional mas descobri no Marketing Digital a oportunidade de realizar um trabalho que me permite construir uma carreira sólida, ajudar pessoas com meu trabalho, ser muito bem remunerada e conseguir exercer a minha maior felicidade: estar presente na vida diária do meu filho e acompanhar de perto seu desenvolvimento.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *